terça-feira, 1 de setembro de 2009

Passagem de Testemunho


" Havia um pessegueiro na ilha"
Havia um líquido brilho
E um mar atento
Havia ainda:
Odores
Cores
Sons
Sensações
Alma
Sol
e
Lua
As estrelas foram términus
No meu olhar
E a maresia mareou-me a face
Num mar esquecido
Eu, Tu, Nós
*
Havia abertura
Para a outra margem
Havia a passagem
De testemunho
*
Fotos de minha Autoria (Dolores Marques)

2 comentários:

Papagaio Mudo disse...

poesia concreta
cheia de... não sei.

Abraços,

Gustavo

retalhosemocoespoesia disse...

Havia um sonho
no olhar
na maresia que o peito
respirava,
testemunho de liberdade.

Beijos